Professor José Alves da UFG fala sobre Irrigação

Autor: Gustavo Soares Arêde - Data: 26/03/2020

Para e acompanhe no detalhe essa aula que recebemos, num bate papo super produtivo com Engenheiro Agrônomo e Professor da Universidade Federal de Goiás, José Alves, cliente do HydroLANDSCAPE.

José Alves



AueIrrigação: Fala um pouco sobre sua trajetória acadêmica e profissional

  • Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - SP - FEIS/UNESP (1997-2001),
  • Doutorado em Irrigação e Drenagem pela Universidade de São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ESALQ/USP (2002-2006).
  • Pós-Doutorado em Engenharia de água e solo pela EMBRAPA - Centro Nacional de Pesquisa em Arroz e Feijão (2006-2007).
  • Treinamento em irrigação na University of Rostock Alemanha (2005), na University of Florida Estados Unidos (2006 e 2011) e Centro Nacional de Tecnología de Regadíos de Madri Espanha (2012).
  • Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Irrigação, Agroclimatologia e Necessidade hídrica das culturas.
  • Professor efetivo com dedicação exclusiva na Universidade Federal de Goiás em Goiânia - GO. Atua na Agronomia na disciplina de Irrigação e Drenagem na Graduação e Pós-graduação.
  • Na Engenharia Florestal colabora na disciplina de Hidráulica e irrigação. É responsável por ministrar módulos de irrigação em cursos de especializações, como: Planejamento e gestão de recursos hídricos; Composição paisagística; e Produção de tomate para indústria.
  • Coordenou o projeto Brafagri/Capes - intercambio entre Brasil e França (2013 a 2016).
  • Atualmente possui pesquisas na área de manejo da irrigação na região do cerrado, e já orientou mais de 10 dissertações e teses na área de concentração Solo e Água;
  • Coordena vários projetos de pesquisas financiados pelo CNPq, FAPEG, Fundação Cargill, Biomas/Embrapa entre outros.
  • Coordena o projeto de extensão Assessoria a projetos de irrigação e uso racional da água, e ministra cursos de capacitação em irrigação de curta duração, como: Irrigação no paisagismo, Irrigação localizada e Irrigação por Pivô Central.
  • É Relator Ad-Hoc de algumas Revistas Técnicas-científicas e também agências de fomento a pesquisa.
  • Foi editor da área de Engenharia de biossistemas da revista PAT - Pesquisa Agropecuária Tropical (2010-2012).
  • É autor de 5 capítulos de livros e possui mais de 100 artigos científicos publicados em periódicos nacionais e internacionais.
  • Desde de 2017 é bolsista de produtividade pesquisa do CNPq.

  • José Alves


    AueIrrigação: Qual a importância do trabalho do irrigante no mercado de paisagismo e agricultura?

    Bom a irrigação tem um papel muito importante tanto para agricultura como para paisagismo.

    Na agricultura, pouco mais de 10% da agricultura brasileira é irrigada, pois nos estamos em um pais úmido, um pais com bastante disponibilidade hídrica, um pais com bastante chuva mas em boa parte do pais as chuvas são concentradas em uma época do ano e em outra é seca, e isso castiga tanto a agricultura quanto o paisagismo.
    Então quando dispomos de sistemas de irrigação, nós conseguimos produzir até 3 safras por ano, e conseguimos estabilizar a produtividade no período de chuvas. Então ela salva dos veranicos no período de chuvas e proporciona produção no período de seca.
    Então se nos analisarmos por exemplo o centro sul do Brasil ou o bioma cerrado brasileiro que começa do sul do Piaui ao norte do Parana, essa grande região nos temos em media 1600 mm de chuva, elas são concentradas de outubro a Março e abril a setembro temos período de seca. Mesmo de outubro a março nós temos pequenos períodos de veranicos, então a irrigação entra aí como uma peça chave para estabilizar a produtividade no período de chuvas e garantir a produtividade no período de secas. A irrigação acima de tudo é um seguro agrícola para o produtor. Ela garante aquela

    safrinha
    que tem esse nome pois produziria pouco por faltar água no final do ciclo, a irrigação garante hoje o que chamamos de segunda época, a primeira e segunda safra tem a mesma produtividade devido a irrigação, ela garante uma terceira colheita, isso estamos falando das aspersões, gotejamentos em áreas sistematizadas que proporcionam até 3 safras por ano, isso já é uma realidade em nosso país.
    Quanto ao paisagismo penso que ninguém duvida que ele garante qualidade de vida para as pessoas, parques e jardins eles tem uma função fundamental na qualidade de vida das pessoas, mas estes parques e jardins também sofrem muito com esse período de seca e então nós temos a beleza dos jardins sofrendo com as secas. Os brasileiros são apaixonados por gramados, e o gramado no período seco fica acinzentado, começa amarelando e vai ficando acinzentado e não agrada ao gosto da maioria de usuários, visitantes de praças e jardins e aí a irrigação passa a ser chave nesse processo, tanto para manter a beleza do jardim como para manter a sobrevivência de algumas especies exóticas que trazemos de outras regiões e não são adaptadas aquele clima.
    Nós gostamos de palmeiras, forrações, arbustos que não são nativos de uma determinada região e que para sua sobrevivência precisamos oferecer água ao longo da seca, e mesmo que eles não morressem, roubam bastante a beleza deles e então a irrigação passa a ser chave para manter a beleza.
    Portanto irrigação é extremamente importante tanto para agricultura como para paisagismo e cada vez mais precisamos fazer isso de forma inteligente e elaborada. Água na agricultura e paisagismo não é para colocar sem critério, existem bons projetos, manejos, para que o objeto seja alcançado.

    José Alves


    José Alves



    AueIrrigação: Quais as principais dificuldades que encontram hoje os profissionais irrigantes e os profissionais da área de ensino?

    Atualmente a visão que tenho do mercado é que temos grandes paisagistas e grandes projetistas de irrigação, e que infelizmente estes dois profissionais atuam em áreas distintas, eu gostaria de vê-los em uma mesma pessoa, um grande paisagista ser um grande projetista de irrigação, infelizmente são duas coisas muito isoladas.
    Nós precisamos planejar um jardim já sabendo que este jardim será irrigado e vice versa, planejar a irrigação para uma área sabendo que ali vai ter um jardim, que vão ter plantas com sensibilidades diferentes, e precisam receber água de uma forma diferente.
    Se conseguirmos isso no mesmo profissional, nós teremos um projeto praticamente perfeito, a grande maioria dos erros que vemos no campo ou é por falta de sintonia entre estes profissionais.
    Outra coisa é o ensino, os cursos, as escolas, os alunos aprenderem irrigação isoladamente de paisagismo, nós precisamos que os professores de irrigação precisam inserir irrigação de paisagismo em suas ementas e nós precisamos que os professores de paisagismo cobrem dos seus alunos conhecimentos de irrigação.
    Não podem ficar desconectados, percebo que temos dificuldades de formar estes bom profissionais porque desde a faculdade já aprendem de forma desconectados, e depois inevitavelmente vão atuar dessa maneira separada, ou no paisagismo ou na irrigação, e eles precisam estar em sintonia, quando não, o ideal ser o mesmo profissional, que faz tudo. Dentro do projeto paisagístico a irrigação já deveria estar embutida, e não como normalmente observamos, o paisagista faz todo projeto e terceiriza a irrigação depois para um outro profissional, esse é um dos grandes gargalos e grandes erros que vemos em projetos com dificuldades de manutenção, porque foram feitos por dois profissionais diferentes.
    No caso da região do cerrado isso é chave, não adianta um projeto paisagístico perfeito se depois a manutenção não será boa e a irrigação neste contexto do Cerrado é fundamental, senão tudo aquilo que foi projetado não será observado em campo e é aí que a beleza do jardim em si fica comprometida.

    AueIrrigação: Como conheceu a AuE Software e o programa de irrigação, e como enxerga a tecnologia hoje na rotina do profissional irrigante?

    Outro grande problema que vemos no dia a dia é o profissional da irrigação – o engenheiro dimensionar um bom sistema de irrigação do ponto de vista da engenharia, ou seja, garantindo a qualidade do ponto de vista de resistência de materiais, uma boa uniformidade de distribuição de água, usando o máximo de tecnologia possível, qualidade de tubos, bombas, profundidade de valetas, as pressões, as vazões, a quantidade e o tamanho dos setores, tudo isso sendo obedecido em um projeto e ao mesmo tempo tendo beleza, tudo muito bem apresentado em desenhos, mapas, que facilitem a vida do montador, que facilite a vida da equipe de manutenção, porque pra conseguir enxergar os equipamentos, os desenhos no mapa, a gente via que tinham dificuldades disso.
    Tínhamos projetos bem dimensionados e mal apresentados para o cliente, para a equipe de montagem, almoxarifado e etc.

    Com o HydroLANDSCAPE percebemos que é possível manter qualidade de projeto e uma beleza, a apresentação do projeto fica muito bacana, muito interessante. Então a AuE Software conseguiu juntar tudo isso num único programa, que considero muito bom, muito interessante. Estão de parabéns porque ao mesmo tempo que você tem o software atualizado com o que a de mais moderno de tecnologia, as grandes empresas estão ali, os bocais, aspersores, eletroválvulas, controladores, estão com tudo ali disponível no software, fazendo interface com um software de desenho (CAD), então além da qualidade das informações, fica bonito, e o projetista ganha tempo, agilidade.
    Ao mesmo tempo que ele vai escolhendo bocais, distribuindo tubulações, definindo setores, colocando eletroválvulas, controladores, pontos de tomadas de água, bombas etc.
    Isso já vai ficando de certa forma dentro desenho com apresentação bem bonita e no final tem a lista de materiais, com tudo que foi usado, e ainda tem a possibilidade de testar o circuito antes mesmo dele ser instalado, onde o software pode te falar onde tem incompatibilidade, uma válvula mal escolhida, , uma tubulação que está desconectada ou cruzando em pontos errados do projeto, então isso tudo é muito interessante.
    O software ainda te dá precipitação, taxa de aplicação por setor, que vai facilitar calculo de tempo de irrigação para o operador, isso tudo é muito interessante.

    Eu tive contato com o software em um Curso, sou professor de irrigação aqui na Universidade Federal de Goiânia, já tem um tempo que ofereço Curso de Irrigação para paisagismo, aberto para toda comunidade, faço um curso básico que atende toda comunidade, estudantes, profissionais, arquitetos, engenheiros, paisagistas, designs de interiores, e em uma destas edições, um projetista de irrigação me apresentou o software HydroLANDSCAPE.
    E achei bastante interessante por ver que tudo que eu ensinava (ensino), já era possível ser feito não em um rascunho mas direto em um desenho, num mapa da área, num desenho assistido por computador (CAD), que além das informações corretas, fica bonito.

    O que é mais importante, empresa brasileira, mineira que facilita o contato, não mede esforços para estar auxiliando o projetista, atendendo por telefone, chat, e-mail, auxiliando a deixar o projeto da forma mais bem dimensionada possível.
    A pessoa já tem que ter uma noção boa de desenho e saber de irrigação e o software vem para agilizar e deixar apresentação bonita, e como se diz, o tempo todo fazendo a prova dos 9 para não deixar o projeto ter alguma falha ou erro por conta do projetista.

    José Alves




    Leia também:

    Eng. Agrônomo Alexander Nunes, da Agroconsulte, fala sobre seus projetos de irrigação


    Compartilhar:


    Anterior Próximo

    eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

    Comente esta matéria:
    Nome:
    E-mail:
    Digite o seu comentário sobre a matéria:
    Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



    ---
    Entrevista
    Professor José Alves da UFG fala sobre Irrigação
    Professor José Alves da UFG fala sobre Irrigação

    Com pós doutorado em Engenharia de Água e Solo, ganhamos uma aula sobre irrigação nessa entrevista. Leia.

    Conversa com LEONARDO PACE, gerente Hunter Brasil nossa parceira no software HydroLANDSCAPE.
    Conversa com LEONARDO PACE, gerente Hunter Brasil nossa parceira no software HydroLANDSCAPE.

    Controladores Inteligentes, conectados via Wi-Fi interface instantânea, estações meteorológicas, economias fantásticas consumo de água e energia

    Lançamentos
    Curso de Irrigação com HydroLANDSCAPE
    Curso de Irrigação com HydroLANDSCAPE

    AuE Software realiza entre 26 e 30 de Maio um Curso de Projeto de Irrigação com software HydroLANDSCAPE

    Webnário - Vantagem de Uso de Software para Projetos de Irrigação
    Webnário - Vantagem de Uso de Software para Projetos de Irrigação

    AuE Software possui ferramenta que agiliza o projeto e cálculos de vazão e pressão, banco de dados dos principais fornecedores do mercado. Saiba mais.

    Dicas técnicas
    AuE Network - como atualizar o catálogo dos fabricantes
    AuE Network - como atualizar o catálogo dos fabricantes

    Veja neste tutorial como atualizar os catálogos dos fabricantes em seu HydroLANDSCAPE, baixando os dados revisados e dados de novos fabricantes.

    HydroLANDSCAPE: Cadastrar detalhes de instalação de equipamentos
    HydroLANDSCAPE: Cadastrar detalhes de instalação de equipamentos

    Veja como cadastrar detalhes de instalação de equipamentos no banco de dados do HydroLANDSCPAE, usando o DetManager.

    Notícias
    Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe
    Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe

    Jovens da área rural do DF que participaram de programa de empreendedorismo Filhos deste Solo são classificados

    Embrapa disponibiliza livros grátis online
    Embrapa disponibiliza livros grátis online

    Neste momento difícil que o país está vivendo, ela oferece a chance de nos instruirmos através de seus livros para várias atividades do setor.

    Reutilização da água para irrigação agrícola: Conselho adota novas regras
    Reutilização da água para irrigação agrícola: Conselho adota novas regras

    Aqui no Brasil, onde, na maioria do território, a água ainda é perene, em virtude da exploração invasiva, poderemos chegar a esta situação precária

    Seminário de Paisagismo, Agricultura e Gestão Urbana
    Seminário de Paisagismo, Agricultura e Gestão Urbana

    Estão previstas ações que farão a diferença em diferentes áreas do segmento, todas em um único pensamento "respeitar os ciclos da natureza"

    Revista AuE Paisagismo Maio 2020
    Revista AuE Paisagismo Maio 2020

    Veja a revista AuE Paisagismo de maio de 2020, com outras notícias e novidades.

    Arquivo
    Edição Anterior

    Revista AuE Irrigação Ano 1 No 2 / Abril de 2020

    Conteúdo completo

    Lista com todas as Edições da Revista AuE Irrigação

    Top 10

    Matérias mais comentadas da revista

    Projetos
    Lista de Projetos

    Lista com Todos os Projetos da Revista AuE Riego Digit@l

    Top 10 de Projetos

    Lista com 10 projetos mais comentados

    Agenda
    Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501

    X

    AuE Irrigação


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo de irrigação? Informe seus dados para mantermos contato!




    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *