José Maurício Tavares e a irrigação em grandes empreendimentos.

Autor: Duda Freitas - Data: 05/10/2022

Vamos conhecer Maurício Tavares, sócio da Jardini Irrigação e Paisagismo.

Maurício Tavares é sócio da Jardini Irrigação e Paisagismo, uma empresa do estado do Ceará, especializada em gestão paisagística. É analista de sistemas por formação, bacharel em direito, técnico em irrigação, paisagista e tem especialização em arquitetura de sistemas e gestão de processos.
A Jardini, tem alguns clientes marcantes no estado do Ceará e participa também de projetos e execuções de ícones empresariais do estado.

  • Veja a entrevista na íntegra:




  • AuE Irrigação: Como foi sua escolha pela área de irrigação e como se deu seu desenvolvimento nela?
    Não sou originalmente da área, comecei como analista de sistemas de uma indústria e mudei para a irrigação quando o meu sogro, que é um responsável na área de irrigação há mais de 35 anos, foi acometido por uma leucemia há 10 anos atrás e teve de se afastar do trabalho.
    Nessa época eu trabalhava em uma indústria e pedi demissão para assumir o negócio dele, e então acabei me apaixonando pela irrigação. Eu era responsável pela parte de automação na Indústria em que trabalhava. Isso foi o que iniciou a Jardini em 2014, fazendo apenas a parte da irrigação.

    AuE Irrigação: Quais os tipos de projeto com que a Jardini Irrigação e Paisagismo trabalha?

    Começamos a fazer alguns projetos residenciais, executar, antes sem o HydroLANDSCAPE e projetando mais com o RainCAD. Depois enveredamos para a parte corporativa, entrando em contato com algumas construtoras, criando praças públicas com gestão em iniciativa privada e começamos a nos desenvolver. Também executamos resorts do estado do Ceará, na região do litoral. A gente está na gestão de 4 deles e com projeto de mais 4 no momento.



    Depois de um tempo começamos a entrar na parte de paisagismo, sem fazer a execução, e entramos num cabo de guerra com as empresas que faziam paisagismo mas não executavam irrigação, pois sempre que o paisagismo evoluía dizia-se que era responsabilidade da irrigação. A partir daí a Jardini começou a executar paisagismo para acabar com esse problema. Virou então a Jardini Irrigação e Paisagismo.

    Com a demanda da manutenção das áreas verdes passamos a fazer a manutenção também. Com o fim dessas obras de paisagismo, ficamos com a parte mais direcionada para projetos e gestão, tanto da irrigação quanto do paisagismo de alguns clientes, de hotéis a resorts do Ceará, algumas instituições privadas e religiosas também. Deixamos então a parte de obras para trás.

    Hoje a Jardini é uma empresa especializada em gestão paisagística com 50 funcionários, está presente em 3 municípios do estado e é responsável pela manutenção e gestão de áreas verdes de grande porte. Isso trabalhado pelo lado corporativo, na área de gestão tem a área de projeto, que é a parte de elaboração de soluções, e, quando o cliente insiste, até mesmo a execução do projeto.



    AuE Irrigação: Então vocês não trabalham mais com projetos paisagísticos?

    A parte de paisagismo não é mais feita pela Jardini, até temos uma arquiteta contratada e só fazemos projetos paisagísticos de clientes particulares ou de pequeno porte porque existe uma questão atrelada ao marketing da venda de um empreendimento que é o projeto paisagístico.
    O projeto vai entrar como uma ferramenta de embelezamento mas também vai entrar como um atributo de marketing. E nós não estamos nesse patamar. Entramos com as soluções de irrigação para esse paisagismo, que pode envolver até mesmo R$500.000 reais.
    Fazemos paisagismo somente em projetos menores, tanto que só temos o contrato do HydroLANDSCAPE com a AuE Software.

    AuE Irrigação: Você se lembra de como foi seu primeiro projeto em que se sentiu confiante como profissional de irrigação?

    A gente entende a importância e a diferença do trabalho de um irrigante quando pegamos o projeto de uma pessoa sem qualificação profissional, que acredita ter a solução, mas que quando coloca no chão a coisa não funciona.

    Trabalhar sem as medições específicas para a irrigação é como construir uma casa sem projeto.


    Foi quando entendi que eu era um irrigante. Vimos muito isso no começo da empresa, quando oferecíamos a solução de um projeto de irrigação a empresa achava que estávamos cobrando muito caro, pois sempre haviam pessoas sem especialização fazendo por mais barato.

    Assim sempre vai ser o sistema de irrigação. Existem os jardineiros de longa data que irrigam na mangueira e se julgam com experiência o suficiente para poder desenvolver um projeto com sistema de irrigação de uma área grande para colocar para funcionar.
    Então sempre batemos na tecla de que o projeto tem que ser feito, elaborado um memorial descritivo, material quantitativo. Existe uma responsabilidade técnica que tem que ser respeitada. A Jardini só entra em licitações que tenham projeto.

    Meu primeiro projeto em que tive confiança foi uma residência que a gente fez e eu entrei como executor para cavar buraco, eu e meu sócio com enxadinha na mão, puxando tubo, colando no meu pai que é engenheiro de formação e trabalhou anos na Companhia Energética do Ceará e me ajudou nessa parte com a experiência dele pois praticamente não tínhamos funcionários. Sendo só meu sócio e eu e talvez algum funcionário que contratamos para aquele serviço
    Fomos aprendendo bem sofrido, a mexer no cad, usar as ferramentas para executar e conseguimos ver que sem cálculo, nada funciona, não pode fazer projeto no “achismo”, pois sem uma formação exata, você vai precisar de muita sorte para tudo dar certo, e nada tira a precisão e exatidão de um projeto bem calculado.

    AuE Irrigação: Você e sua empresa são do Ceará, vocês fazem projetos para todo o país ou apenas para sua região?

    A Jardini trabalha hoje em dia com a gestão de grandes clientes, em grandes empreendimentos. Estamos sediados em Fortaleza, no Ceará, e atuamos nas redondezas, na região metropolitana de Fortaleza.

    AuE Irrigação: Qual é o maior desafio para vocês?

    Um grande desafio para a gente e para todos é a questão climática, em todas as regiões, não apenas a de Fortaleza que é seca e quente. Aqui precisamos de água. Para fazer um projeto de um jardim verde, bonito e exuberante com recursos limitados, você precisa de um compromisso e uma precisão para garantir um resultado para o cliente para não jogar fora o dinheiro investido por ele.

    A solução não é só o projeto em si, é o dimensionamento, os mecanismos que serão utilizados para cobrir a região, de onde virá a fonte de água, qual o estoque da água.
    É toda uma solução que será empregada além do projeto em si. Ela vem desde o abastecimento, do estoque, da reposição, transposição da água para que o sistema de irrigação funcione.

    AuE Irrigação: A Jardini trabalha com reaproveitamento de água?

    A Jardini não trabalha com reaproveitamento de água, mas alguns sistemas de irrigação usam água de reuso, inclusive o empreendimento icônico da cidade de Fortaleza usa o reaproveitamento de água nos ares-condicionados

    Aue Paisagismo:Qual é o processo seguido quando o cliente entra em contato com vocês para ter seu jardim irrigado?

    Primeiro, no projeto, precisamos analisar a área do cliente, visitar o local, entender o jardim e qual a proposta que aquele jardim tem para o cliente e entender a ideia, depois é entender de onde vem a água, para então planejarmos quais as tecnologias vão ser utilizadas no projeto.

    Sem a água não tem irrigação. Temos várias soluções bonitas para o paisagismo sem água, como por exemplo o xeropaisagismo. Suculentas, cactos, pedras. Vai ficar bonito do mesmo jeito e sem uma necessidade grande de água.

    Se o cliente quiser um gramado, vai precisar de água, por isso o paisagismo deve buscar criar um projeto baseado na fonte de água também.

    Precisamos entender qual o propósito do jardim para o cliente para saber se temos condições de lhe atender. O jardim é um bioma vivo, então é preciso entender o que o jardim tem que entregar, para depois pensarmos no que podemos fazer pelo cliente.

    Poderia deixar uma mensagem para quem está começando e precisa de uma inspiração no ramo da irrigação?

    A irrigação é vida. Israel consegue fazer cultivo de plantações no meio do deserto, a água é um bem que não é infinito, então o aproveitamento e a utilização correta desse bem é o futuro para muito gente e Israel prova que nada é impossível.

    Fonte: Freepik


    Compartilhar:


    Anterior Próximo

    eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

    Comente esta matéria:
    Nome:
    E-mail:
    4 + 7 = ?
    Digite o seu comentário sobre a matéria:
    Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



    ---
    Entrevista
    José Maurício Tavares e a irrigação em grandes empreendimentos.
    José Maurício Tavares e a irrigação em grandes empreendimentos.

    Conheça José Maurício Tavares, o Técnico em Irrigação sócio da empresa Jardini - Paisagismo e Irrigação.

    Lançamentos
    Preparem-se para uma dose extra de AuE nesse mês!
    Preparem-se para uma dose extra de AuE nesse mês!

    As semanas do dia 17/10 até 27/10 serão dedicadas para os cursos da 3ª Universidade AuE Software. Vem com a gente nessa imersão de conhecimento!

    Chegou a hora de votar no melhor projeto feito com VisualPLAN
    Chegou a hora de votar no melhor projeto feito com VisualPLAN

    Dia 06 de outubro foi o último dia para enviar o seu projeto com VisualPLAN. Atente-se ao cronograma para votar e escolher o vencedor!

    Curso de AutoCAD 2022
    Curso de AutoCAD 2022

    Com o curso de AutoCAD da AuE você aprenderá desde o básico até executar os seus primeiros desenhos e projetos de áreas verdes. Fique por dentro!

    Ensino
    Demonstrações Comerciais Gratuitas AuE Software Outubro de 2022
    Demonstrações Comerciais Gratuitas AuE Software Outubro de 2022

    Confira quando acontecerão as demonstrações comerciais gratuitas de Outubro! Venha aprender sobre paisagismo e irrigação.

    Próximas turmas para cursos AuE Software em Outubro
    Próximas turmas para cursos AuE Software em Outubro

    Anunciamos a 3ª semana de cursos da Universidade AuE Software, agende-se!

    Webinars AuE Software
    Webinars AuE Software

    Nesse mês de outubro, especialmente, não teremos webinários. Entenda o motivo.

    AuE Network
    Atualização de itens do catálogo da Rain Bird
    Atualização de itens do catálogo da Rain Bird

    Este mês estamos publicando a atualização das válvulas do catálogo, da marca Rain Bird.

    Atualização de itens do catálogo da Hunter
    Atualização de itens do catálogo da Hunter

    Este mês estamos publicando a atualização das válvulas do catálogo, da marca Hunter.

    Dicas técnicas
    Aprenda a configurar seu arquivo do AutoCAD para utilizá-los nos programas da AuE
    Aprenda a configurar seu arquivo do AutoCAD para utilizá-los nos programas da AuE

    O que fazer antes de iniciar seu projeto com os softwares da AuE

    Microsoft anuncia o fim do suporte ao Windows 8.1
    Microsoft anuncia o fim do suporte ao Windows 8.1

    Microsoft anunciou o fim do suporte ao Windows 8.1. Veja o que isto significa para usuários dos programas da AuE que usam este sistema operacional.

    Como identificar emissores não setorizados
    Como identificar emissores não setorizados

    Aprenda como identificar emissores não setorizados, os emissores se tratam de aspersores ou gotejadores.

    Notícias
    Como a irrigação influencia na doçura dos frutos?
    Como a irrigação influencia na doçura dos frutos?

    A irrigação interfere diretamente nos sólidos solúveis totais (°Brix), além de assegurar níveis de doçura dos frutos. Saiba mais!

    LI Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola
    LI Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola

    O 51º Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA está marcado para os dias 27 a 29 de outubro de 2022, em Pelotas. Se informe!

    XVI SRHNE 2022 - Associação Brasileira de Recursos Hídricos
    XVI SRHNE 2022 - Associação Brasileira de Recursos Hídricos

    O XVI SRHNE irá ocorrer de 06 a 11 de novembro na cidade Caruaru, em Pernambuco e o Senac será a sede. Confira informações sobre o evento!

    Dia 12 de Outubro foi o dia Nacional do Engenheiro Agrônomo
    Dia 12 de Outubro foi o dia Nacional do Engenheiro Agrônomo

    O Dia Nacional do Engenheiro Agrônomo é celebrado em 12 de outubro por marcar a regulamentação do exercício da profissão em 1933. Conheça a história!

    Arquivo
    Edição Anterior

    Revista AuE Irrigação Ano 3 No 31 / Setembro de 2022

    Conteúdo completo

    Lista com todas as Edições da Revista AuE Irrigação

    Top 10

    Matérias mais comentadas da revista

    Projetos
    Lista de Projetos

    Lista com Todos os Projetos da Revista AuE Riego Digit@l

    Top 10 de Projetos

    Lista com 10 projetos mais comentados

    Agenda
    Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1045

    X

    AuE Irrigação


    Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo de irrigação? Informe seus dados para mantermos contato!




    Revista no seu E-mail

    *
    *
    *