José Cordeiro Neto, sua experiência na Irrigação e a criação da Irrigar & Agrishop

Autor: Letícia Costa - Data: 14/09/2022

Nesse mês de setembro conversaremos com o Técnico Agrícola José Cordeiro Neto que trabalha com irrigação há 20 anos e no decorrer da sua trajetória fundou a Irrigar & Agrishop, localizada em Petrópolis.

Hoje em dia, a empresa expandiu para o estado de Minas e trabalha não só com a área de irrigação, mas também com a agrícola. Confira!

O começo no reflorestamento até a criação da Irrigar

José Neto teve o seu primeiro contato com a irrigação ainda no curso técnico de Agronomia, quando começou o seu estágio em reflorestamento numa empresa que fazia sistemas de irrigação. A partir de então, ele ampliou a sua visão acerca desse setor que considerava carente de profissional e passou a praticar cada vez mais, especializando em cursos oferecidos pela RainBird e pela Hunter, por exemplo.

Durante o seu percurso apareceu a oportunidade de entrar em sociedade com o Leandro e com o Douglas. Assim, a Irrigar & Agrishop começou aos poucos e sem portfólio até evoluir ao ponto de trabalhar com toda a parte de semente, defensivo, maquinários, adubos, entre outros. Ademais, passou a atender mais estados, como Minas Gerais, abrindo então uma filial em Juiz de Fora.

”A Irrigar começou nessa junção porque notamos que estávamos limitados dentro das nossas respectivas empresas e do mercado, por ser carente. Almejávamos mais e por falta de perspectiva pessoal a gente precisava sair e ter uma coisa nossa porque na verdade quando o funcionário se demite e abre uma empresa é porque geralmente ele é fora da curva, então por falta de perspectiva de crescimento ele sai e monta o seu próprio negócio e foi uma coisa meio que meteórica, a gente não esperava esse resultado todo, sabe? Nós não tínhamos nem convicção que isso tudo iria dar certo, mas graças a muito trabalho e impulsionado por nossa fé, foi dando certo até que hoje temos uma cartela muito boa de clientes, atendemos no Rio, São Paulo, Minas Gerais e a tendência agora é só pra cima.”




A região serrana do Rio, o seu mercado e os desafios no seu trabalho

Atuar em um território onde há muitos morros, relevos e climas diversos pode ser bastante desafiador para o profissional de irrigação, e com o Agrônomo não é diferente.
Por isso, é comum para ele ter que trabalhar com a bomba muito bem calculada, com regulador de pressão, pelo projeto ser bem mais complexo em lugares íngremes e com muito desníveis.

”É muito desafiador porque existem climas e estações em cada região desse lugar e outra coisa que dificulta muito aqui é a geografia por conta dos morros. Eu costumo falar que quem faz irrigação em Petrópolis faz em qualquer região do planeta.(...)”


Entretanto, em relação ao mercado local, a perspectiva é de ascendência e o fato é constatado pelo balanço anual da empresa, sendo promissor para quem é do ramo.

”A gente vê um crescimento de 20%, 25% por ano. Todo ano fazendo esse balanço vemos esse crescimento”




O desenvolvimento de um jardim e as etapas a serem seguidas

De acordo com José, é importante a elaboração de um projeto paisagístico uma vez que através dele podemos verificar a necessidade hídrica, setorizar e ver o tipo de emissor que vai ser usado. Além disso, quando se tem um projeto, é preciso ver o que será plantado, o tipo de necessidade hídrica de cada canteiro e de cada área específica, se ela é sombreada, se ela é ensolarada, se é plano, se é gramado, se é jardim, se vai ter setor que vai ser gotejamento, etc.

Outro fator essencial é saber onde fica os reservatórios, a quantidade de água disponível, se vai ser bombeado e qual o tipo de energia do espaço, visto que esses dados técnicos são fundamentais para projetar a irrigação para um jardim. Isto é, deve-se ter conhecimento sobre o cliente se tem água, a sua quantidade e o que ele pode consumir.

”(...) muitas vezes a pessoa quer fazer um sistema de irrigação e não tem nem noção do que ela vai consumir de água, então você tem que passar para o cliente no mínimo um projeto para ele ter uma ideia do consumo de água dele por irrigação.
É dificultoso demais no nosso caso justamente isso porque temos muitos problemas devido ao relevo. Em alguns condomínios, por exemplo, a água chega em tal horário, vai entrar de tal hora a tal hora. A gente tem que trabalhar com sistema de irrigação visando essa necessidade, até o horário que ela vai receber a água pra partir pro sistema.”




A sua Irrigação como um todo e a sua percepção acerca desse ramo

Em se tratando das ferramentas utilizadas pelo Agrônomo, ter um projeto de paisagismo ajuda bastante, mas caso não o tenha é recomendado ter uma planta altimétrica e planimétrica do ambiente no qual será projetado. Nessas situações em que não há a planta paisagística é usado a medida por teodolito tal como é feito uma visita ao local.

Quanto aos sistemas de irrigação, pelo fato de que a região de Petrópolis é forte no mercado de cervejaria, a Irrigar tem trabalhado com a fertirrigação pra lúpulos, cerveja e vinheta. Ocasionalmente, é usado direto da caixa d’água se ela for separada de outro sistema que não atenda a casa e quando não é independente, é usado uma injetora ou um sistema venturi de fertirrigação.



Em suma, no cenário da Irrigação tem que se ter persistência e perseverança porque é um mercado que está crescendo muito e a cada ano tem produto novo, uma coisa nova e inovadora pra efetuar.

”Eu tenho por experiência própria que quando comecei a trabalhar há 20 anos, principalmente irrigação paisagística, quem faziam eram pessoas com poder aquisitivo muito alto e como o mercado foi crescendo, entrou outras empresas, foi tirado um pouco do monopólio sobre irrigação paisagística.
Hoje a gente atende classe média, então tá sendo um mercado em ascendência. É importante sempre procurar evoluir pois os materiais de irrigação vão evoluindo e melhorando, assim como buscar novos horizontes senão você fica estagnado naquilo que você aprendeu a 20 anos atrás e isso muda com muita rapidez”


Por fim, para José Cordeiro Neto, é imprescindível tratar dentro do que foi combinado e fazer um bom pós venda, dado que a melhor propaganda é o boca a boca e através dele você vai atrair novos clientes.

”Cada irrigação, cada local é especifico. Cada área, cada propriedade é uma irrigação específica (...).Tem que ter muito trabalho, não vai ser fácil e o principal é atender muito bem o cliente e ter um pós venda muito bom, é você dar suporte para esse cliente porque ele não está preocupado com o que vai ou não gastar, ele quer ver o jardim dele bonito e as suas plantas crescendo.”




Veja também:
Aberta consulta pública para reunir sugestões sobre o Irriga+Brasil
Captação de água da chuva para Irrigação
III Semana da Irrigação - Inscrições Abertas


Compartilhar:


Anterior Próximo

eBook: Planta baixa técnica x Planta humanizada em paisagismo

Comente esta matéria:
Nome:
E-mail:
1 + 1 = ?
Digite o seu comentário sobre a matéria:
Qual a sua avaliação sobre esta matéria ?



---
Entrevista
José Cordeiro Neto, sua experiência na Irrigação e a criação da Irrigar & Agrishop
José Cordeiro Neto, sua experiência na Irrigação e a criação da Irrigar & Agrishop

Conheça o Técnico em Agronomia José Cordeiro Neto, que com sua experiência na área de Irrigação fundou a empresa Irrigar & Agrishop em Petrópolis.

Ensino
Demonstrações Comerciais Gratuitas AuE Software Setembro de 2022
Demonstrações Comerciais Gratuitas AuE Software Setembro de 2022

Confira quando acontecerão as demonstrações comerciais gratuitas de Agosto! Venha aprender sobre paisagismo e irrigação.

Próximas turmas para cursos AuE Software em Outubro
Próximas turmas para cursos AuE Software em Outubro

Anunciamos a 3ª semana de cursos da Universidade AuE Software, agende-se!

Webinars AuE Software - aprendizagem gratuita
Webinars AuE Software - aprendizagem gratuita

Aprenda irrigação com os programas da AuE!

AuE Network
Atualização de itens do catálogo da Tigre/Fabrimar
Atualização de itens do catálogo da Tigre/Fabrimar

Este mês estamos publicando a atualização de itens de irrigação da marca Tigre e Fabrimar.

Dicas técnicas
Tipos de entradas de tubos e conexões
Tipos de entradas de tubos e conexões

Aprenda sobre os tipos de entrada de tubos e conexões mais fortes no mercado de irrigação.

Diferença de cadastro de Bocais Circulares e Retangulares
Diferença de cadastro de Bocais Circulares e Retangulares

Aprenda a diferença entre bocais retangulares e circulares.

Utilizando 2 ou mais monitores com o HydroLANDSCAPE ou AutoLANDSCAPE
Utilizando 2 ou mais monitores com o HydroLANDSCAPE ou AutoLANDSCAPE

Saiba como utilizar 2 ou mais monitores no HydroLANDSCAPE ou AutoLANDSCAPE.

Notícias
III Semana da Irrigação - Inscrições Abertas
III Semana da Irrigação - Inscrições Abertas

As inscrições para o evento III Semana da Irrigação podem ser feitas até o dia 19 de setembro. Saiba mais!

Aberta consulta pública para reunir sugestões sobre o Irriga+Brasil
Aberta consulta pública para reunir sugestões sobre o Irriga+Brasil

Está aberta a consulta pública para reunir sugestões sobre o Programa Nacional de Agricultura Irrigada (Irriga+Brasil). Saiba mais informações!

Captação de água da chuva para Irrigação
Captação de água da chuva para Irrigação

A água da chuva, quando armazenada de forma adequada, pode ser usada para irrigar plantações. Saiba mais!

Arquivo
Edição Anterior

Revista AuE Irrigação Ano 3 No 30 / Agosto de 2022

Conteúdo completo

Lista com todas as Edições da Revista AuE Irrigação

Top 10

Matérias mais comentadas da revista

Projetos
Lista de Projetos

Lista com Todos os Projetos da Revista AuE Riego Digit@l

Top 10 de Projetos

Lista com 10 projetos mais comentados

Agenda
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1045

X

AuE Irrigação


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo de irrigação? Informe seus dados para mantermos contato!




Revista no seu E-mail

*
*
*